Tecnologia

User Experience: um fator diferenciador

por Isabel Dias | 17 Janeiro, 2018

O user experience (UX) é o mote e inspiração para muitas empresas que operam tanto no meio tradicional como no digital. Como tal, o mais importante é não cair no erro de concentrar o seu negócio no seu próprio interesse, mas sim adaptá-lo da melhor forma ao seu mercado-alvo, dando a devida importância à experiência do utilizador.

 

User experience: o que é?

 

O user experience ou, em português, a experiência do utilizador é o principal fator para as empresas conseguirem estudar o comportamento do consumidor e oferecer-lhe estratégias de marketing individualizadas que o motivam para a compra dos seus produtos ou serviços.

 

Do canal offline ao online, a experiência proporcionada aos clientes continua a ser o core das múltiplas empresas e marcas no mundo global. Se assim não for, qual a razão de ser das empresas sem ser a satisfação das necessidades do mercado-alvo?

 

O facto de existirem diferentes pessoas, personalidades e gostos leva à existência de uma multiplicidade de bens, produtos e serviços no mercado. E ainda bem, pois não faria sentido todos partilharem dos mesmos gostos e interesses.

 

É por isso que a concorrência vem desbravar a forma de se fazer negócios atualmente. Hoje falamos em e-commerce, e-learning, e-fatura... e “tudo”, por assim dizer. Será que os consumidores e as empresas se converteram claramente ao mundo digital?

 

A pegada do user experience na era digital

 

O facto de o consumidor prezar cada vez mais a informação e de querer tudo a qualquer hora e em qualquer lugar veio revolucionar a forma como as empresas entregam os seus produtos e serviços. E no mundo digital isso é ainda mais evidente, pois o consumidor não quer esperar demasiado por uma aplicação que demore 30 segundos a abrir. Da mesma forma que não quer entrar um site e ver o conteúdo desorganizado e com um design desadequado ao tema em questão.

 

O consumidor pretende produtos que satisfaçam as suas necessidades e superem as suas expectativas e, como tal, as empresas têm de ser capazes de otimizar a sua experiência enquanto cliente e/ou utilizador.

 

Principais tendências do user experience

 

O user experience está presente em qualquer contacto feito entre uma empresa e o consumidor final, quer este seja feito de forma presencial ou através dos canais digitais.

 

Como tal, é importante que as empresas estudem e acompanhem o comportamento do consumidor, assim como as principais tendências do mercado:

 

  • Reconhecimento facial, de retina, de voz e impressão digital: métodos cada vez mais utilizados em smartphones, softwares e sistemas de segurança.
  • Tecnologia wearable: toda a tecnologia que é aplicada a produtos de vestuário de forma inteligente, como por exemplo os relógios, pulseiras e sapatilhas que contam o número de passos ou quilómetros percorridos diariamente, os óculos de realidade virtual, as mochilas com capacidade de carregar o telemóvel, etc.
  • Inteligência artificial: o melhor exemplo da inteligência artificial são, claro, os chatbots. Uma nova forma de os utilizadores esclarecem as suas dúvidas com um assistente virtual com respostas previamente elaboradas.
  • Mobile friendly: não basta a informação estar disponível no computador portátil. Os websites, Apps, softwares devem ser adaptados aos tablets e principalmente aos smartphones que, para a maioria das pessoas, são uma ferramenta constante de trabalho.

 

User experience aplicado aos software de gestão

 

A era digital veio não só revolucionar os negócios como os métodos de trabalho, tornando o trabalho remoto uma realidade para muitas empresas. Por exemplo, o desenvolvimento de softwares na cloud veio possibilitar aos utilizadores trabalhar em qualquer canto do mundo apenas com acesso à internet. Isto surge não só pela vanguarda tecnológica, mas pelo facto de os negócios se fazerem a uma escala global em que cada vez mais são precisas ferramentas de auxílio adequadas.

 

A facilidade de navegação, de pesquisa, a utilidade e até o próprio design são fatores que o consumidor valoriza e presa num site. E o mesmo se aplica às restantes ferramentas tecnológicas do mercado, como por exemplo os softwares, dispositivos móveis, aplicações, etc. É imperativo que as empresas consigam acompanhar as tendências.

 

Focando principalmente os softwares de gestão, podemos afirmar que estes vieram revolucionar por completo a forma de fazer negócios, permitindo agilizar todos os processos empresariais. Contudo, o sucesso de qualquer software de gestão não depende apenas das suas funcionalidades, mas sim da capacidade de otimizar a experiência do utilizador.

 

Desenvolvido pela PRIMAVERA BSS, o software de gestão Jasmin foi desenvolvido para pessoas ou empresas que pretendem trabalhar de forma autónoma e cumprir todas as obrigações fiscais e legais, mantendo os processos administrativos em constante atualização e respeitando todas as regras e garantias de certificação. Sim, porque o Jasmin é um software certificado pela Autoridade Tributária. Além disso, é 100% cloud!

 

Assim, através de uma arquitetura com fluxos muito simples e intuitivos, o Jasmin promete ajudar nos mais diversos procedimentos administrativos com foco no user experience. Ora veja como é simples, prático e fácil de usar:

 

Experimente gratuitamente o Jasmin Express!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Mais artigos

Ver mais