Gestão Pessoal

Ergonomia no trabalho: mais produtividade na equipa

por Isabel Dias | 27 Março, 2019

A saúde e o conforto no local de trabalho andam de mãos dadas com a produtividade de uma equipa, assim, ergonomia não pode ser dissociada de produtividade.

 

Ergonomia e produtividade no local de trabalho

 

A ergonomia define-se como o estudo das relações entre trabalhadores e o ambiente que os envolve, especialmente no que diz respeito aos equipamentos utilizados no local de trabalho. A ergonomia diz respeito ao design dos espaços de trabalho, à sua organização e à forma como se usa a tecnologia, e tem como objetivo garantir a saúde, segurança e conforto dos colaboradores e aumentar os níveis de produtividade e eficiência.

 

Vantagens da ergonomia no local de trabalho

 

Aplicar princípios básicos de ergonomia no local de trabalho tem inúmeras vantagens e ótimos resultados no que respeita à produtividade da equipa.

 

Assim, recorrendo à aplicação da ergonomia é possível evitar, entre outros, ausências e baixas médicas, acidentes de trabalho e desgaste físico (e mental) dos colaboradores, que levará à necessidade de recolocação profissional – conheça dicas para reter talento no seu negócio!

 

Como aplicar a ergonomia no seu negócio?

 

Há um conjunto de alterações e mudanças que se podem fazer no local de trabalho que, não sendo completamente óbvios, ajudam a contribuir para uma equipa mais produtiva, motivada e eficiente - e que darão resultados em pouco tempo. São exemplos:

 

  1. Cadeiras reguláveis

Quando se passa grande parte do dia sentado, é normal que as costas se ressintam, bem como as pernas e até os pés. Assim, ter cadeiras reguláveis que se ajustem à altura e peso da pessoa e à altura da mesa ou secretária é uma ótima forma de oferecer mais conforto aos seus colaboradores durante a jornada laboral. A má postura prolongada é frequentemente uma causa de mau estar, de dores e problemas de saúde, pelo que cadeiras desenhadas com os princípios da ergonomia são essenciais.

 

  1. Opção de sentar ou ficar de pé

Se os seus colaboradores têm que estar muito tempo no mesmo sítio, por exemplo, sentados numa secretária, poderá considerar dar-lhes duas opções para que vão alternando durante o dia: estar sentados ou de pé. Para isto só tem que adicionar ao layout do escritório um par de mesas altas onde os seus colaboradores possam colocar o computador portátil, para continuarem a trabalhar enquanto alongam as costas.

 

  1. Mesas amplas e organizadas

Ter mesas pequenas e desorganizadas faz com que haja a necessidade de colocar objetos necessários ao dia-a-dia na sua empresa – agrafadores, impressoras, resmas de papel e outros materiais de escritório – em sítios pouco práticos. Isto obrigará os seus colaboradores a fazer movimentos corporais pouco naturais e, em última instância, a entrar em esforço físico. Tente arrumar os materiais mais pesados e mais utilizados em prateleiras à altura da cintura para que seja preciso menos esforço movê-los e usá-los.

 

  1. Jogar com a luz natural

A luz natural deve ser sempre preferida no local de trabalho, em detrimento de luz artificial. Isto porque a luz artificial pode cansar os olhos, levando a dores de cabeça, falta de concentração e pouca produtividade. Pode ainda aumentar os níveis de stress e de agitação, impedindo um fluxo de trabalho ágil. No entanto, tenha em atenção à disposição dos equipamentos eletrónicos para que não haja reflexos de luz desconfortáveis aos olhos.

 

  1. Pausas para “esticar as pernas”

Encoraje os seus colaboradores a tirarem as suas pausas e a fazerem regularmente alongamentos, no caso de passarem todo o dia na mesma posição. São as chamadas pausas para “esticar as pernas” tal como caminhar um pouco (por exemplo, durante uma chamada telefónica) entre tarefas mais repetitivas.

 

  1. Ecrãs e tecnologias ajustados

A forma como os computadores e portáteis, tablets e outros aparelhos estão ajustados (brilho, luminosidade, etc.) ou posicionados também têm importância na ergonomia no local de trabalho. Coloque à disposição acessórios e mobiliário que permita aos seus colaboradores ajustarem a altura do computador portátil, o brilho dos ecrãs e outros que tais, para que o dia de trabalho seja mais confortável, física e psicologicamente.

 

  1. Carga de trabalho adequada

Sobrecarregar os seus colaboradores com trabalho e tarefas, ainda que o local de trabalho seja uma manifestação perfeita de ergonomia, irá contribuir para aumentar os níveis de stress dos que trabalham consigo, e levá-los a uma situação de esgotamento mental.

 

  1. Tarefas repetitivas repartidas

Tente implementar um sistema de rotatividade em tarefas repetitivas para evitar a fadiga mental e física dos seus colaboradores – se for possível no seu setor e empresa. A ergonomia laboral estende-se para além do físico, sendo muitas vezes necessário aplicá-la em conjunto com a psicologia.

 

E porque não “mimar” aos seus colaboradores periodicamente? Um dia livre a fazer exercício em equipa, aulas de yoga num horário de almoço alargado, um vale de massagem ou algo que ajude os seus colaboradores a relaxar durante o dia, são alguns exemplos. Pode parecer demasiado avant-garde, mas a verdade é que dá resultados.

 

Sabe como motivar os seus colaboradores com frases de motivação?

 

Jasmin: ergonomia na tecnologia e produtividade no negócio

 

O Jasmin, software de faturação expert em gestão, permite-lhe fazer a gestão do seu negócio de forma simples, ágil e intuitiva. O Jasmin dá-lhe a liberdade para trabalhar onde e quando quiser, pois, ao ser cloud, não está limitado a uma máquina ou dispositivo. Todos os dados do seu negócio estão seguramente armazenados na cloud e acessíveis a qualquer altura.

 

Além disto, o Jasmin ajuda a aumentar a produtividade do seu trabalho ao eliminar tarefas morosas e repetitivas com a automação de processos.

 

Precisa de ver para crer? Experimente já o Jasmin Express! 100% cloud, certificado pela AT e gratuito, é o parceiro que o seu negócio precisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais artigos