Gestão Pessoal

7 boas práticas para a gestão de conflitos

por Isabel Dias | 30 Maio, 2018

Até nos ambientes de trabalho mais saudáveis, existem invariavelmente conflitos. Estes podem ser de ordem laboral, pessoal ou profissional, e são perfeitamente comuns.

 

No entanto, os conflitos no local de trabalho afetam a dinâmica da empresa e pequenas quezílias do momento podem arruinar o bom funcionamento e eficiência do workspace. Apresentamos-lhe algumas dicas de como fazer a gestão de conflitos no local de trabalho.

 

Como fazer uma boa gestão de conflitos no local de trabalho

 

Há várias formas de controlar, minimizar e evitar conflitos na sua empresa. Estas são diferentes de empresa para empresa, e de setor para setor, mas existem algumas guidelines que são transversais a todos os negócios, independentemente da dimensão ou da área de atuação.

 

Incentive uma comunicação aberta

 

As grandes empresas e o mundo corporativo há muito que colocam esta regra no local de trabalho: diálogo aberto entre todos os departamentos e pessoal.

 

No mundo das PMEs e startups não deve ser diferente. Implementar uma política de comunicação aberta e incentivar ao diálogo entre colaboradores é muito benéfico na gestão de conflitos. Há pequenos diferendos que, com uma conversa clara, são facilmente resolvidos, sem necessidade de se chegar a um problema maior.

 

Mantenha todos os colaboradores informados

 

Muitas vezes os conflitos surgem porque nem todos os colegas de trabalho estão no mesmo “ponto de situação” em relação ao trabalho ou projeto que estão a desenvolver. Assim, dão-se situações em que nem todos estão a remar para o mesmo lado, levando a diferenças.

 

Estas diferenças por falta de informação são apenas perda de tempo e um entrave à produtividade.

 

Preste a devida atenção a ideias e sugestões

 

É comum haver conflitos quando uma das partes sente que a sua opinião não está a ser levada em conta, ou porque tem alguma sugestão que considera benéfica e a empresa não está a ouvi-lo.

 

Os seus colaboradores são valiosos e as suas opiniões também, por isso ouça-os e, mais!, incentive-os a participar ativamente com sugestões e ideias. No caso de achar que não são adequadas à sua visão, explique, racional e calmamente, o que gosta, o que não gosta, e as razões pelas quais tal ideia é ou não adequada ao contexto.

 

Crie um local de trabalho divertido

 

Um local de trabalho descontraído e divertido pode mesmo ser a melhor arma de gestão de conflitos!

 

Ainda que o trabalho que os seus colaboradores têm pela frente seja importante e de grande responsabilidade, pessoas motivadas e descontraídas trabalham melhor do que pessoas stressadas e pressionadas. O riso é uma arma poderosa, e pequenas “brincadeiras” são, em vez de distrações, formas de aliviar a pressão.

 

Estimule a cooperação e trabalho em equipa

 

Criar oportunidades para que os seus colaboradores se conheçam melhor é meio caminho andado para que a comunicação entre eles flua.

 

Atividades de teambuilding e eventos de entretenimento destinados aos seus colaboradores, enquanto equipa são certamente benéficos, e tendem a aproximar os colegas de trabalho, criar relações de confiança mútua e a tornar o local de trabalho um sítio mais apelativo.

 

Mantenha as emoções fora da discussão

 

No caso de haver uma discussão, evite que as emoções aqueçam demasiado. Somos todos humanos e em caso de conflito pode ser difícil separar o racional do emocional.

 

A gestão de conflitos passa por incentivar os seus colaboradores a serem objetivos, e a não deixar as suas emoções interferirem (demasiado) na conversa. Se for necessário, afaste-se com o seu colaborador do centro da ação e deixe-o acalmar-se antes de prosseguir com o debate.

 

Seja organizado, acima de tudo

 

Numa empresa onde a organização não impera é mais fácil haver conflitos, mal-entendidos, e muita falta de comunicação.

 

Se cultivar um ambiente de trabalho organizado e estruturado, será mais fácil fazer, não só a gestão de conflitos, mas também a própria gestão da empresa.

 

O Jasmin, expert em gestão, ajuda-o a fazer a gestão do seu negócio, de forma intuitiva, simples e straightforward. Oferece-lhe demonstrações de resultados que lhe permitem planear os seus movimentos, e detetar problemas, e não tem limite de acessos!

 

Não conhece? Experimente já o Jasmin Express: é uma versão gratuita do Jasmin, 100% cloud, certificado pela AT e que simplifica a resposta à fiscalidade portuguesa.

Tags:
PME

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Mais artigos