Está na hora de pedir um empréstimo?

por Isabel Dias | 21 Março, 2019 em
Fiscalidade e Contabilidade

Pedir um empréstimo não tem porque ser encarado como algo negativo. De facto é uma situação frequente em empresas que querem crescer e que precisam de capital para investir em máquinas ou equipamentos, contratações ou marketing – no fundo, alavancagem – para acelerar os seus negócios.

 

O importante nestes casos é identificar o momento certo para contrair um empréstimo, evitar créditos muito elevados e certificar-se que as finanças da empresa conseguem suportá-lo com recurso a um plano de crescimento sustentável.

 

Pedir um empréstimo: sim ou não?

 

Será que é a hora certa? Será que o seu negócio precisa mesmo de recorrer a um empréstimo? Se sim, como lidar com esta situação?

 

Que situações o justificam?

 

Na hora de pedir um empréstimo é necessário avaliar qual o propósito deste e se é mesmo necessário. Há várias situações e acontecimentos que podem justificar um crédito:

  • início de um negócio / novas empresas;

  • investimentos ou financiamentos (de material, por exemplo);

  • expandir o negócio;

  • pagar outras dívidas e/ou créditos.

 

As formas de financiamento também são variadas, podendo recorrer ao empréstimo bancário tradicional, a linhas de crédito, a microcréditos ou a apoios à criação de empresa (sob a forma de empréstimos, das mais variadas entidades). Aqui é muito importante perceber o tipo de empréstimo adequado à sua empresa e à situação do seu negócio.

 

Cumpre os requisitos?

 

Os bancos e instituições de crédito exigem requisitos que, por vezes, são muito exigentes. Geralmente ser-lhe-ão pedidas garantias formais de que a sua empresa tem meios de cumprir com o empréstimo. Estes podem prender-se com a capacidade de retorno financeiro, capacidade de produção, contratos com principais clientes ou propriedades em nome da empresa.

 

Outro requisito muito comum é um histórico de crédito “limpo”. Normalmente, este histórico inclui créditos e débitos passados e presentes, extratos das contas correntes, dos investimentos e dos cartões de crédito, entre outras informações.

 

Da mesma forma, é costume pedir-se a empresas que requerem um empréstimo um registo de entradas e saídas de dinheiro, de forma a poder avaliar se o fluxo de caixa deixa lugar a novos financiamentos.

 

Mas nem só de indicadores financeiros se trata a avaliação que as instituições fazem às empresas. Na verdade, muitos fatores qualitativos são tidos em conta, como por exemplo a forma como o negócio é gerido, como são geridos os colaboradores, ou até a capacidade de inovação da empresa. Nem só de indicadores e rácios financeiros é feita a avaliação dos bancos às empresas.

 

Como gerir o empréstimo?

 

Para gerir o empréstimo, a gestão de todo o seu negócio tem que ser mais cuidada que nunca. Poderá ser necessário renegociar termos de pagamento com fornecedores, estratégias e prazos de cobrança, otimizar o inventário – evitando grandes quantidades de stock ou até aderindo ao dropshipping. E, apesar de ser algo comum no caso de empréstimos empresariais, mantenha as suas finanças pessoais separadas das da empresa. Isto implica evitar ao máximo dar garantias pessoais para o cumprimento do crédito.

 

Outra forma de gerir o seu empréstimo passa por não criar novas dívidas. Acumular dívidas e créditos pode tornar-se uma “bola de neve” e levar uma empresa a uma situação financeira muito desfavorável – que compromete a saúde e sobrevivência do negócio.

 

No fundo, trata-se de encarar o empréstimo como um investimento no negócio e do qual se retirará retorno no futuro. Pelo que é necessário ser escrupuloso na sua gestão.

 

E, já que se fala de gestão, porque não usar a ajuda e expertise da tecnologia? Já tem um software de gestão ao serviço do seu negócio?

 

Jasmin, para uma gestão integrada

 

O Jasmin, software de faturação expert em gestão, é a ferramenta ideal para consolidar e agilizar a gestão do seu negócio. Agora o Jasmin tem a Inteligência Artificial como aliada – já conhece os Business Insights?

 

Organize as finanças da sua empresa com o Jasmin, o software 100% cloud especialmente desenvolvido para empreendedores e PMEs que precisam de flexibilidade e mais liberdade. Use as ferramentas de orçamentação e de monitorização de negócio do Jasmin para que controle assim todas as atividades da sua empresa, desde vendas/despesas e pagamentos/recebimentos.

 

Mas veja para crer, experimente já o Jasmin Express! 100% cloud, certificado pela AT e gratuito, é o parceiro que o seu negócio precisa.

Fiscalidade e Contabilidade

Capital Social: o que é (e como usar a favor da empresa)

por Isabel Dias - há 2 meses

Quando se começa um negócio, uma de entre as muitas dúvidas e desafios que surgem é a relacionada com o capital social. É importante que os empreendedores e novos empresários saibam e conheçam o verdadeiro conceito de capital e como pode ser empregado, bem como outras particularidades associadas.   Capital Social num negócio: o quê, […]

Fiscalidade e Contabilidade

Como conhecer o capital circulante no negócio? Inventário permanente!

por Isabel Dias - há 9 meses

Começamos pela definição de uma palavra muito utilizada. Inventário, a relação que identifica e contabiliza os níveis de stock armazenado de uma determinada entidade. Num negócio, o controlo do inventário é de extrema importância porque, afinal, dá-lhe a visão global atualizada destes ativos de uma empresa. Esta é a regra nº 1 para uma gestão […]

Fiscalidade e Contabilidade

Como abrir uma empresa em nome individual

por Isabel Dias - há 7 meses

Começar um negócio é uma fase excitante da vida de um empreendedor, e certamente não foi uma decisão tomada em vão. Mas como abrir uma empresa em nome próprio e individual? E será que é a forma jurídica mais vantajosa para si – já conhece os outros tipos de empresas? Conheça o como, os pros […]

Fiscalidade e Contabilidade

Novo negócio? Prós e contras da Empresa na Hora

por Isabel Dias - há 9 meses

A “Empresa na Hora” é um serviço que possibilita a criação de uma empresa de forma facilitada e rápida, num só local.   Este é o método escolhido por muitos empreendedores que pretendem acelerar o processo moroso e complicado de criação de empresa. Vamos ver quais os passos para abrir um negócio com a Empresa […]

Fiscalidade e Contabilidade

Vai abrir um negócio? Confira os tipos de empresa

por Isabel Dias - há 8 meses

Constituir empresa é um passo que requer atenção, especialmente no que toca à escolha da sociedade comercial, ou tipo de empresa. Se optar por constituir empresa via “Empresa na Hora”, as opções são menores do que pelo Instituto dos Registos e Notariado.   Saiba como criar uma empresa em 12 passos!   Quais os tipos […]

Fiscalidade e Contabilidade

Vai contratar? Diferença entre salário líquido e custo para a empresa

por Isabel Dias - há 6 meses

O capital humano é o recurso mais valioso de um negócio, mas quanto está a investir nos seus colaboradores? Quanto custa cada um dos seus colaboradores, anualmente, à empresa?   Salário líquido vs bruto O salário líquido é o valor efetivo que um colaborador recebe. Mas este não é o valor real que está a […]

Ver mais

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *