Fiscalidade e Contabilidade

Dicas para poupar na entrega do IRS

por Isabel Dias | 10 Maio, 2018

Chega a altura da entrega do IRS, e começam as complicações. Para evitar surpresas desagradáveis e poupar no IRS, peça fatura com contribuinte ao longo do ano. Para poupar no IRS em 2018, não basta juntar muitas faturas. Precisa é de ter faturas das categorias certas.

 

Como poupar na entrega do IRS?

 

Entregue tarde

 

Pode atrasar o reembolso, mas se fizer a entrega do IRS mais tarde evita os erros da aplicação, que vão sendo corrigidos com as queixas de contabilistas, de cidadãos e dos próprios funcionários da Autoridade Tributária.

 

Muitas despesas? Deduza-as

 

A maior parte das suas despesas são dedutíveis. Ou seja, abatem ao seu montante tributável, ou ao “lucro” pessoal que teve durante o ano. É sobre esse montante de lucro que se aplica a taxa de IRS. Não se aceita o valor total da fatura, apenas uma parte, e até um determinado limite, que varia consoante a tipologia de despesa. Confira:

 

Tipo de despesa

Dedução (em % do valor da fatura)

Valor máximo (por agregado)

Geral

35%

500€

Saúde

15%

1.000€

Educação

30%

800€

 

Saiba ao detalhe quais são as depesas dedutíveis no IRS, antes de submeter a declaração.

 

A casa

 

Se está a pagar casa, saiba que é possível poupar no IRS, se o seu contrato é anterior a 2012 pode deduzir 15% dos juros que paga ao banco, até um limite de 296 €.

 

Em casos de aluguer, a taxa mantém-se nos 15% das rendas, até 5.023 €. Se estiver num escalão inferior aos 30.000 € anuais, este limite não se aplica.

 

A família

 

Não é o que nos lembramos quando pensamos em todas as vantagens de ter filhos mas sim, ajuda (e muito) no momento de declarar o seu IRS. Por cada filho, está prevista uma dedução de 600€ cada. Para crianças até três anos de idade, o valor passa a 725€.

 

Para poupar na entrega do IRS, se viver em comunhão de habitação com os seus pais, e estes viverem da pensão mínima do regime geral, deduza 525€ por ascendente (pais).

 

 

Se for casado ou unido de facto deve simular sempre a entrega em separado e em conjunto. Caso decidam entregar em separado, tem de colocar o NIF dos filhos para que as deduções deles sejam divididas pelos dois.

 

Se tiver despesas com lares ou apoio domiciliário, isentas de IVA ou sujeitas à taxa reduzida, pode deduzir 25% do valor, até um máximo de 403,75 € e 20% dos gastos com pensões de alimentos (sem limite).

 

O IVA

 

Também o IVA com algumas das despesas é dedutível: serviços de reparação e manutenção de veículos e motociclos, alojamento e restauração, cabeleireiros, estética e veterinários. Deduza 15% do IVA, até ao limite de 250 euros por agregado.

 

Pode optar por dar 0,5% do seu IRS a uma IPSS. É dinheiro pago pelo estado. Se escolher também abdicar dos 15% do IVA, aí é pago por si. Se quiser dar, faz muito bem, mas que não seja por engano.

 

A poupança

 

Se investiu em PPRs, pode deduzir até 20% das quantias aplicadas. Para certificados de reforma do estado, o limite é de 350 euros ou 700 euros por casal. No caso do PPR, o limite varia entre 300 e 400 euros, consoante a idade.

 

Outros rendimentos

 

Se tem outros rendimentos para além do salário, teste sempre a entrega com “englobamento”.

 

Se é senhorio, se tem ações e dividendos, rendimentos no estrangeiro, pensão de alimentos ou certificados de tesouro pode poupar com a entrega do IRS. É obrigado a declará-los, mas não é obrigado a englobá-los. Mas essa opção pode ser vantajosa em muitos casos. Simule e escolha a opção que mais lhe permite poupar.

 

Finanças organizadas, IRS sem complicações

 

Se é um trabalhador independente, sabe o trabalho que dá controlar todas as faturas, despesas, entradas e saídas de dinheiro. Mas não tem porque fazê-lo sozinho: um software de gestão certificado e intuitivo ajudá-lo-á a agilizar estes processos.

 

O Jasmin Express é um software de faturação gratuito, 100% cloud e com um sistema simples e intuitivo, que se adapta às suas necessidades. Além disso, terá uma equipa sempre disponível a prestar-lhe apoio.

 

Experimente já, e comece a simplificar a gestão do seu negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Mais artigos

Ver mais