Negócios

Social commerce: como transformar os canais sociais em vendas

por Mariana Pimentel Gomes | 31 Agosto, 2021

Aliar o melhor do e-commerce às redes sociais resulta no que hoje chamamos de social commerce.

 

No fundo, a essência do social commerce é esta: o processo de vender os produtos diretamente nas redes sociais. Imagine: está a navegar no Instagram e uma marca de moda que segue publica uma story a anunciar uma nova linha de roupa. Nessa publicação está um sticker que diz “Shop now”. Ao clicar, está a adicionar ao carrinho os artigos que chamaram a sua atenção.

 

Acaba, então, de tirar partido do social commerce. Porque não apostar neste modelo de negócio para a sua marca? É simples, ágil, intuito apelativo e – o mais importante – está na moda.

 

Porque apostar no social commerce?

 

As medidas de distanciamento social impostas expuseram a importância de ter múltiplos canais de venda e o social commerce, também conhecido como Social Selling, é mais importante que nunca.

 

As redes sociais são, cada vez mais, palco para a promoção das marcas e também para a venda de produtos e serviços. De forma simplista, o social commerce consiste na integração do e-commerce nas redes sociais para a promoção de marcas, mas também para aumentar as vendas. Contudo, é bem mais do que só isso.

 

O grande objetivo é vender, mas também se pretende criar buzz em torno da marca. Como? Colocando os consumidores a falar dela, idealmente de forma positiva.

 

  • O social commerce torna a experiência de compra numa experiência social, transformando-a numa forma muito mais interativa de fazer compras.
  • Minimiza a fricção no momento da compra, facilitado a jornada desde a procura à compra: o consumidor vê o post, clica e compra.
  • É o local onde os Millenials e a Geração Z estão: se o target são consumidores entre os 18 e os 35 anos, eles já estão online e prontos para comprar enquanto fazem scroll.

 

Como funciona?

Com o social commerce, toda a experiência de compra – desde a descoberta e pesquisa do produto até o processo de check-out – ocorre diretamente numa rede social.

 

Uma coisa é certa: o social commerce é o ato de utilizar as suas contas das redes sociais para vender os produtos aos clientes. Mas, quando implementado da melhor forma, oferece aos consumidores uma maneira simples de procurar e comprar produtos online, sem sair da rede social. Mas como tirar o máximo partido dos canais sociais para aumentar as vendas?

 

Como transformar as redes sociais em canais de vendas?

 

Quando se trata de ferramentas para agradar o cliente que pode usar para vender nas redes sociais, o Instagram e o Facebook estão a liderar o mercado. São estas as redes onde deve concentrar os seus recursos.

 

Loja do Facebook

 

Tire Partido da sua Business Page do Facebook para partilhar novidades e conectar-se com os seguidores. E porque não utilizar esta rede para vender artigos? As lojas do Facebook – Facebook Shops – são personalizáveis. Escolha os artigos a vender e personalize as fontes, as imagens e as cores de acordo com a imagem da sua marca.

 

Loja do Instagram

 

Vender no Instagram significa tirar partido de um conjunto de funcionalidades que permitem que as pessoas comprem facilmente através de fotos e vídeos da sua marca. Os perfis profissionais podem criar uma página de loja personalizável que atua como uma coleção selecionada de produtos à venda. Cada produto obtém sua própria página de detalhes, apresentando preços e descrições detalhadas.

 

Mas além do Facebook e Instagram há outras redes sociais para entrar na era do social commerce. O Pinterest ou o Snapchat são dois dos exemplos.

 

Dicas para tirar o máximo partido do social commerce

 

Interaja com os seus seguidores

 

Para criar uma ótima experiência de social commerce, a parte “social” não pode ficar esquecida.  

 

Não pode simplesmente colocar o seu catálogo nas redes sociais e esquecê-lo. Responda a perguntas, ofereça conteúdo interessante e de valor, seja humano e autêntico.

 

Pense de forma estratégica

 

No social commerce está a tirar partido de um lugar na primeira fila para o seu público. Aproveite-o ao máximo.

 

Fique de olho nos comentários e partilhas e responda quando necessário. Estude o seu público e as melhores formas de publicar, incluindo as melhores horas.

 

Incentive reviews

 

Um comentário pode ser decisivo no momento da compra. Se tem um artigo com o qual as pessoas estão satisfeitas, peça que ajudem a divulgá-lo.

 

Depois de obter alguns comentários positivos, partilhe-os nas redes sociais de formas criativas, por exemplo, criando um carrossel de comentários positivos.

 

Segmente o seu alcance

 

Aproveite o poder dos dados disponíveis para colocar os seus artigos na frente das pessoas certas.

 

Aposte nas redes sociais e tire o máximo partido do social commerce

 

Os consumidores já estão a comprar nestes canais sociais. O desafio é apostar nas ferramentas certas para conseguir responder da mesma forma: uma plataforma que integre com múltiplos canais de venda, simplificando processos como a faturação, o controlo de stock ou a gestão de preços e artigos.

 

E essa ferramenta já existe. O Jasmin é um software de gestão que integra os vários canais de distribuição num único local e torna a faturação, a gestão logística e o controlo comercial mais simples e ágil.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais artigos