Negócios

Ghost kitchen: as vantagens de se transformar num restaurante virtual

por Mariana Pimentel Gomes | 2 Setembro, 2021

Com o aumento da entrega de refeições ao domicílio, também os restaurantes virtuais e tendências como as cozinhas fantasma – ou Ghost Kitchen – estão a emergir e a ganhar força.

 

Para os clientes é um enorme conforto: por uma pequena taxa de entrega, a comida chega à mesa, sem as obrigações de cozinhar, sujar louça ou deslocações. Para os donos dos negócios é uma grande oportunidade: menos gastos com recursos, como funcionários ou material de restaurante, e o mesmo valor cobrado pelos pratos.  

 

Mas a mudança nem sempre é imediata. Há restaurantes que começam por apostar no take-away e delivery. Depois, há outros que apostam todas as cartas no mundo online e são verdadeiros “restaurantes virtuais”, sem existência física. São esses o novo fenómeno.

 

Mas como entrar, efetivamente, na era das Ghost Kitchen?

 

O que é uma Ghost Kitchen?

 

Já ouviu falar do conceito de “Restaurante Virtual”, “Cozinha Fantasma” ou, inglês, “Ghost Kitchen”? Trata-se de uma resposta aos principais desafios da restauração – agravados com a pandemia. É um novo modelo de serviços de restauração à distância.

 

Mas o que é, afinal, uma “Cozinha Fantasma”?

 

No fundo, são locais utilizados exclusivamente para a preparação de refeições. Ou seja, é um local onde as marcas digitais sem uma loja física procedem à produção. Essencialmente, uma “Cozinha Fantasma” é um espaço de cozinha alugado – ou utilizado apenas para aquela finalidade –, no qual os gestores de restaurante podem lançar uma marca de restaurante virtual sem um local físico.

 

Este modelo pode ser confundido com um restaurante digital. Mas, ao contrário de uma “Cozinha Fantasma”, os restaurantes digitais têm um local físico, onde podem servir refeições, a sua própria cozinha para atender aos pedidos online e, geralmente, têm um menu exclusivo para delivery.

 

Que tipos de Ghost Kitchen existem?

 

Ghost Kitchen partilhada

 

As cozinhas fantasma não precisam necessariamente de abrigar apenas um restaurante. Uma Ghost Kitchen pode estar disponível para marcas diferentes da mesma empresa ou até restaurantes totalmente diferentes. Alguns desses espaços alugados podem oferecer desde a infraestrutura e materiais de cozinha necessários até à gestão completa de restaurantes. 

 

Ghost Kitchen “chave na mão”

 

Com uma solução pronta a utilizar, uma empresa externa cuida de toda a produção da sua Ghost Kitchen. Isso inclui a configuração da cozinha, a manutenção, a preparação dos alimentos e a entrega. Este modelo pode ser uma ótima opção para um restaurante que está apenas a começar a experimentar um conceito completamente novo.

 

Quais os benefícios de uma Ghost Kitchen?

 

1. Custos mais reduzidos

 

As cozinhas fantasma podem ser a melhor opção para lançar um novo negócio com menos capital. Estas Ghost Kitchen evitam todos os custos indiretos associados à compra ou aluguer de um restaurante comercial.

 

2. Mais fácil de lançar

 

Embora exista a opção de alugar um espaço e começar do zero, também existem empresas que oferecem serviços de aluguer de espaços projetados para estas cozinhas.

 

3. Expandir o intervalo e zonas de entrega

 

Uma “Cozinha Fantasma” também pode ser uma ótima forma de testar um novo mercado. Se apenas tiver um restaurante físico ou estiver a utilizar plataformas de entrega de terceiros, o seu intervalo de entrega terá alguns limites. Para expandir a base de clientes, poderá abrir uma “Cozinha Fantasma” noutro local, o que ajuda a aumentar a produção e a oferecer serviços apenas de entrega para novas áreas.

 

4. Maior flexibilidade

 

A adoção de uma Ghost Kitchen oferece aos proprietários de restaurantes a flexibilidade de testar diferentes conceitos que podem não estar relacionados à sua operação atual.

 

5. Redução de riscos

 

Além da redução dos custos associados à gestão de um restaurante físico, ao ter a flexibilidade de não servir refeições no espaço físico, está a minimizar muitos dos riscos típicos associados ao lançamento de um novo restaurante.

 

A gestão do seu negócio na palma da mão

 

A linha entre o online e o offline começou a ficar cada vez mais ténue no setor da restauração. As Ghost Kitchen são um excelente exemplo disso.

 

E num mundo cada vez mais inteligente, também os negócios têm de acompanhar a evolução da tecnologia e as oportunidades que ela oferece. Aposte num software de gestão, como o Jasmin, e tenha sempre à mão a informação que precisa para gerir o negócio de forma mais eficiente.

 

Com o Jasmin, um software cloud e inteligente, controla o stock, faz a gestão das despesas e da tesouraria, fatura a qualquer hora e ainda aceder a insights sobre o estado atual e a evolução futura do seu negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais artigos