Fiscalidade e Contabilidade

Factoring vs Confirming: as diferenças

por Mariana Gomes | 23 Outubro, 2019

Os serviços financeiros de Factoring e Confirming são figuras-chave da gestão financeira de uma empresa. O principal objetivo destes serviços é facilitar o negócio entre clientes e fornecedores.

 

Apesar de apresentarem diferenças e semelhanças entre si, o objetivo é comum: melhorar a gestão de tesouraria das empresas. Quando uma empresa presta um serviço ou vende um produto, o cliente espera recebê-lo o mais rápido possível. Quando isto não acontece, é possível que o pagamento não seja feito de imediato, causando problemas de tesouraria na empresa.

 

Para ajudar na diminuição de prazos médios de recebimento e pagamento, o setor financeiro apresenta duas boas soluções: o Factoring e o Confirming. Ao longo deste artigo, vamos explicar as grandes diferenças entre as duas modalidades e as vantagens de cada uma.


O que é o Factoring?

 

A finalidade é ajudar na administração diária da sua empresa. O Factoring, tal como o Confirming, permite libertar recursos para que a empresa se possa dedicar à sua principal atividade.

 

Trata-se de um apoio financeiro, no qual o banco disponibiliza à empresa um montante até ao valor da dívida do cliente. Imagine que a sua empresa prestou um serviço, mas o cliente ainda não realizou o pagamento. Neste caso, pode optar por contratar o serviço de Factoring, no qual o banco fica encarregue pelas cobranças ao cliente devedor. 

 

O factoring traduz-se, assim, na aquisição de créditos a curto prazo (faturas), por uma instituição financeira, resultantes da prestação de serviços ou venda de produtos. Ou seja, converte créditos comerciais, sobre clientes devedores, em liquidez imediata.

 

A instituição financeira responsabiliza-se, assim, por gerir a cobrança de faturas dos clientes da empresa. Em troca, a empresa cobra as faturas antes do tempo previsto. Assim, evita o risco de insolvência e obtém liquidez de forma quase imediata.

 

As partes que intervêm neste processo são:

 

  • A empresa (aderente): É quem presta o serviço e cede os seus créditos sobre clientes ao banco. Contrata o serviço de Factoring e faz a cobrança adiantada das faturas;
  • O banco (factor): É a instituição financeira, normalmente o banco ou sociedade de Factoring, que faz de intermediário. Responsabiliza-se pela cobrança junto dos devedores – os clientes – e antecipa os recebimentos junto da empresa;
  • Os clientes (devedores): São os adquirentes de serviços ao aderente. Devem pagar as faturas em dívida ao banco.

Este mecanismo financeiro ajuda empresas com dificuldades na gestão da sua tesouraria. É uma operação financeira levada a cabo por bancos, que permite às empresas adiantar os recebimentos dos seus clientes.


O que é o Confirming?

 

Num contexto semelhante ao Factoring, o Confirming é um acordo contratual entre um banco e uma empresa. O objetivo é a prestação de um serviço de gestão de pagamentos.

 

Este serviço, disponibilizado por instituições financeiras, permite ao cliente ver o pagamento das suas compras facilitado. O cliente informa a instituição financeira das ordens de pagamento da fatura ao seu fornecedor. A partir desse momento, o banco gere todo o processo, informando o fornecedor da data de pagamento.

 

No fundo, a instituição financeira adianta o pagamento das faturas aos fornecedores, antes do seu vencimento. Assim, assegura a continuidade da relação entre o cliente e o fornecedor.

 

Quem está envolvido neste processo?

  • A entidade financeira: é a responsável pela gestão dos pagamentos das faturas pendentes;
  • A empresa: É quem contrata o serviço de Confirming;
  • Fornecedores: São quem beneficia do serviço de pagamento.

Confirming é, então, um serviço de pagamento a fornecedores por intermediário de uma instituição financeira. Esta é responsável por gerir e pagar as faturas dos fornecedores que trabalham para a empresa.


Quais são as principais diferenças entre Factoring e Confirming?

Apesar do serviço semelhante ao Factoring, podemos dizer que o Confirming é o oposto. Enquanto o Factoring adianta os pagamentos dos clientes à empresa, o Confirming adianta pagamentos da empresa ao fornecedor.

 

Estas principais diferenças supõem que o Factoring beneficia as empresas, que recebem o pagamento dos serviços prestados. Por outro lado, o Confirming beneficia os fornecedores, que recebem o pagamento antecipado.

 

Além disso, com o Factoring a empresa melhora a capacidade de negociar prazos com os clientes. Com o Confirming, a empresa melhora a capacidade de negociação com os fornecedores, uma vez que estes têm assegurado o pagamento dos seus serviços.


Exemplos de Factoring e Confirming

Factoring


A empresa Y emite uma fatura ao cliente X. A empresa Y precisa, no entanto, de liquidez para comprar materiais. A solução passa por contratar um serviço de Factoring. A instituição financeira adianta o dinheiro da fatura emitida ao cliente X. Assim, a empresa Y cede os direitos de cobrança à instituição financeira.

 

Confirming


Uma empresa tem várias faturas pendentes a fornecedores, às quais não pode realizar o pagamento de imediato. Neste caso, a empresa contrata o serviço de Confirming. A instituição financeira fica, então, responsável pelas dívidas da empresa, adiantando o pagamento aos fornecedores.


Factoring e Confirming: vantagens e desvantagens

 

  1. Factoring

Por se tratar de um serviço de apoio financeiro, o Factoring traz diversos benefícios às empresas. Tais como:

 

  • Maior capacidade de negociação com os clientes;
  • Liquidez imediata;
  • Redução de custos (derivados do processo de cobranças junto dos clientes);
  • Simplificação das operações de gestão da tesouraria: o Factoring supõe que a gestão de cobranças seja feita externamente. Assim, a empresa pode focar os seus recursos nas suas principais atividades;
  • Melhor planificação da tesouraria;
  • Melhora os rácios de endividamento: a empresa não terá a necessidade de pedir empréstimos ou outros serviços de crédito;
  • Redução dos prazos médios de recebimentos e pagamentos.

Por outro lado, o Factoring também pode apresentar inconvenientes. A principal desvantagem deste serviço é o custo elevado com a instituição financeira, associado ao serviço de Factoring.


  1. Confirming

Da mesma forma, o Confirming traz à empresa inúmeras vantagens associadas à gestão da tesouraria:

  • Maior capacidade de negociação com os fornecedores: ao garantir o pagamento dos serviços, é mais provável que consiga chegar a um acordo mais vantajoso;
  • Melhoria da imagem do cliente junto dos fornecedores ao assegurar os pagamentos atempadamente;
  • Garantia ao fornecedor de que vai receber o pagamento: o fornecedor beneficia com este serviço de Confirming, na medida que o pagamento das faturas está assegurado;
  • Evita o risco de incumprimento;
  • Gestão de faturas feita externamente: resulta na poupança de tempo e recursos da empresa;

A principal desvantagem associada ao serviço de Confirming é, além dos custos associados ao serviço, a perda de controlo dos pagamentos que a empresa realiza. Ou seja, ao ceder o pagamento a uma instituição financeira, a empresa pode perder o controlo dos seus pagamentos e, em casos extremos, ter problemas com a sua contabilidade.


Como o Jasmin o ajuda na gestão da tesouraria da sua empresa

 

Uma gestão financeira saudável implica saber, em tempo real, o estado de tesouraria da empresa e como esta poderá evoluir no futuro. Esta gestão rigorosa ajuda, em muitos casos, a antecipar momentos de maior necessidade de liquidez. Para isso, um software de gestão pode ser um aliado para uma boa gestão de tesouraria. Não só lhe permite automatizar diversos processos da sua empresa, como também lhe disponibiliza informação atualizada sobre o estado do seu fluxo de caixa. 

 

O Jasmin é um software de gestão cloud que lhe oferece várias funcionalidades que facilitam a gestão, como os Insights para Gestores, que lhe fornece informações  sobre a tesouraria da sua empresa, como prazos médios de recebimento e pagamento, previsões de evolução e detalhes das contas correntes. E, além disso, por ser um software cloud, permite-lhe aceder a toda esta informação em qualquer lugar e dispositivo. 

 

Este software permite-lhe fazer previsões de resultados, com base no seu histórico passado, por contar com Inteligência Artificial e Machine Learning. Assim, consegue fazer um plano de tesouraria mais realista e rigoroso.

 

Por ser grátis para quem está a começar, é fácil aderir ao Jasmin e, assim, melhorar a gestão do seu negócio. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais artigos