Negócios

Como otimizar o processo de cobranças

por Diogo Ferreira | 22 Agosto, 2019

A gestão de cobranças é uma das áreas mais ingratas para qualquer empresa, seja esta uma start-up em arranque de crescimento ou uma empresa bem estabelecida num ou vários mercados. Trata-se de um processo que é desagradável para ambos os lados e potencialmente conflituoso, que pode até acabar com clientes a sair pela porta fora.

 

É, também, um desafio de malabarismo emocional, na medida em que a parte cobradora deve simultaneamente evitar escalar a situação e resolvê-la da forma mais amistosa possível e, ao mesmo tempo, garantir que o resultado pretendido se realiza – isto é, que a cobrança é feita. Tendo em conta o peso dos recebimentos para a saúde financeira de uma empresa, isto significa que um dos componentes mais vitais para o seu negócio é algo volátil e com tendência para falhar.

 

Infelizmente, não há uma solução perfeita, igual para todas as empresas, para evitar o constrangimento da gestão de cobranças. No entanto, existem certos passos que pode incorporar no seu processo de cobrança para que não só seja mais fácil e eficaz, mas também consiga diminuir os atrasos, esquecimentos e falhas dos seus clientes.

 

Passos para um processo de cobranças mais eficaz

 

1. Relembre o cliente antes do prazo de pagamento

 

“É melhor prevenir do que remediar” e é nessa ótica que deve ter em consideração contactar o cliente ainda antes do prazo de vencimento da fatura, preferencialmente alguns dias antes, de forma a relembrar que está a chegar a data limite e perceber, pelo teor da resposta, se o seu cliente planeia ou não pagar a tempo. Esta metodologia é geralmente referida como “cobrança preventiva” ou “pré-cobrança”.

 

É preciso ter em conta que não faz sentido aplicar este passo a todos os clientes, dependendo bastante da dimensão da empresa, do valor da fatura e dos clientes em si e respetivo histórico de pagamentos. Para clientes com um bom histórico ou no caso de faturas pequenas, não se justifica optar por este procedimento; no entanto, para aqueles clientes mais problemáticos em termos de atraso, ou para faturas de maior dimensão e com maior impacto na sua faturação, este passo poderá ser vital para prevenir os esquecimentos ou detetar atrasos que poderão ter bastante impacto no estado do seu cash-flow.

 

Tenha também em atenção o contacto feito e o teor da mensagem; uma má comunicação pode fazer entender ao seu cliente que não tem confiança no mesmo ou ser interpretada como agressiva e insistente. Posicione o contacto como um lembrete amigável e uma confirmação se está tudo correto e se o cliente precisa de mais alguma coisa.

 

Dê, também, preferência às chamadas telefónicas para este fim, de forma a evitar más interpretações do texto e, ao mesmo tempo, estabelecer um rapport mais forte com o seu cliente.

 

2. Crie um ranking interno de cobranças para definir as suas prioridades

 

Outro passo importante para otimizar o processo das cobranças é criar uma hierarquia das mesmas. A eficiência das cobranças é diretamente influenciada pela organização da respetiva equipa e essa organização passa por estabelecer prioridades e políticas de cobrança.

Estabelecer um ranking de pagadores, desde os mais certinhos até aos mais problemáticos, permite-lhe perceber a quais deve dedicar maior tempo no processo de cobrança e quais é que requerem mais esforço para realmente conseguir receber o valor em falta o mais cedo possível. Desta forma, o tempo que dedica às cobranças é melhor investido em detetar as situações mais complicadas, perceber o porquê dos problemas e dar resposta à situação.

 

3. Automatize os seus processos de cobrança

 

Para estabelecer um melhor processo, implemente automatismos que, para além de lhe libertar tempo, lhe permitam ser mais eficiente nas cobranças. Um bom exemplo é a configuração de avisos automáticos para enviar ao cliente antes do prazo final de pagamento, como já referido anteriormente, e também após o prazo para clientes que estão em incumprimento.

 

Outro automatismo que lhe pode poupar bastante tempo e tornar as suas cobranças mais eficientes é a funcionalidade de pagamentos online para automatizar o regime de cobrança e a emissão de recibos.

 

Para além disso, utilizar um software de gestão permite-lhe também receber insights sobre prazos médios de recebimento, de forma a que consiga de forma mais fácil perceber o estado das suas cobranças, detetar dificuldades e priorizar clientes.

 

4. Ofereça diversas condições de pagamento

 

Tendo em conta que cada cliente é um caso particular, oferecer diferentes modalidades e métodos de pagamento permite-lhe facilitar o processo de pagamento para os seus clientes e, consequentemente, ajuda na cobrança dos casos mais especiais.

 

Em certos casos e para certas áreas, pode, por exemplo, permitir pagamentos às prestações, o que poderá ajudar a levar certos clientes com maiores dificuldades de tesouraria a cumprirem as suas obrigações. Outra solução relacionada é oferecer vantagens para quem se antecipa aos prazos de pagamento, como descontos de pronto pagamento.

 

A aplicação de métodos de pagamento online é outra forma de facilitar os pagamentos dos seus clientes e, consequentemente, tornar a cobrança mais fácil, rápida e indolor, para não dizer eficaz. Se usar métodos como referências Multibanco, cartão de crédito e PayPal como alternativas às transferências bancárias, o processo de pagamento para os seus clientes torna-se tão prático como apenas um clique, pelo que perdem menos tempo a pagar, libertando-os de mais um impeditivo que poderá dificultar as suas cobranças.

 

Para ainda maior facilidade, pode também aplicar cobranças por débito direto. Se o seu cliente autorizar, o processo de cobrança torna-se praticamente automático, bastando emitir um ficheiro SEPA e coordenar com as entidades bancárias para que os recebimentos cheguem diretamente sem ter de andar atrás do cliente.

 

Aposte no Jasmin para as suas cobranças

 

Um software de gestão é um dos seus maiores aliados para um processo de cobranças mais rápido, simples e com melhores resultados. Para tal, sobretudo se está a começar uma empresa ou a trabalhar por conta própria, o Jasmin é a sua melhor opção.

 

O Jasmin alia o poder da Inteligência Artificial e Machine Learning à gestão, permitindo saber o estado de todo o seu negócio e inclusivamente prever, com base nos dados históricos, a evolução dos seus resultados.

 

A análise de tesouraria do Jasmin, em particular, permite que saiba em qualquer altura o prazo médio de recebimentos e pagamentos para preparar o seu plano de tesouraria com base em dados reais e sem surpresas desagradáveis.

 

Os novos módulos de tesouraria e pagamentos online do Jasmin permitem-lhe controlar as cobranças e o seu cash-flow em qualquer lugar. O seu processo de cobrança fica mais fácil graças às funcionalidades e dashboard financeiro do Jasmin, para que não deixe nada ao acaso, e está disponível quando e onde quiser graças à cloud. Para além disso, tal como não quer que nenhum cliente lhe falhe um prazo, o Jasmin permite-lhe não deixar escapar nenhum dos seus próprios pagamentos.

 

Por fim, o Jasmin é completamente gratuito durante o primeiro ano até aos 30 mil euros de faturação, pelo que pode melhorar os processos da sua empresa e apoiar-se nas novas tecnologias para fazer crescer o seu negócio sem qualquer custo inicial.

 

Experimente o Jasmin e descubra o que um software de gestão pode fazer pelo seu negócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *