Negócios

5 métodos de pagamento do futuro: quando mais é mesmo mais

por Isabel Dias | 26 Julho, 2018

Pagar em dinheiro é coisa do passado, e os métodos de pagamento têm evoluído muito para ir ao encontro do que o consumidor exige. E desengane-se se acha que esta mudança é só nos e-commerces. Os pagamentos cashless são mais seguros, mais rápidos e fáceis, e trazem vantagens não só para o consumidor como para o negócio.

 

O seu e-commerce dá todas as opções de compra aos seus clientes? Pode estar a ter carrinhos de compras abandonados e a perder clientes por não incluir os métodos de pagamento mais populares – esta é uma das formas de se preparar para a era digital. Conheça alguns métodos de pagamento que estão a ganhar popularidade em todo o mundo e em Portugal.

 

Os 5 métodos de pagamento que são tendência

 

Já existem inúmeras alternativas aos pagamentos online com cartão de crédito, em que tem de inserir manualmente toda a informação. Os métodos de pagamento online estão mais inteligentes, simples seguros.

 

MBWay

 

O MBWay é uma solução completamente inovadora em Portugal, lançada pela SIBS, e uma upgrade do MBNet. Com a aplicação do MBWay, que descarrega para o seu tablet ou smartphone, tem vários métodos de pagamento, todos digitais. Até pode pagar por SMS.

 

Para utilizar basta ativar num multibanco, fazer o download da app no seu smartphone, e completar o registo. A partir daí é possível enviar dinheiro para alguém via SMS – as contas bancárias, de quem paga e de quem recebe, estão ligadas aos números de telemóvel - ou pagar algo num supermercado encostando o telemóvel a um leitor.

 

Contactless Card

 

Os cartões contactless ou, literalmente, “sem contacto”, representam um dos métodos de pagamento que mais tem crescido ultimamente. A comodidade de “tocar” o leitor e pagar sem inserir nenhum código tem ganho adeptos no mundo todo, inclusive em Portugal.

 

Normalmente, os pagamentos por contacless têm um limite máximo de cerca de 20€ por transação, enquanto que o limite de transações sem código é variável. Se ultrapassar o limite de 20€ numa só transação, terá de inserir o código, por segurança; e se exceder o limite de transações, terá de fazer um pagamento inserindo o código do cartão num terminal, podendo depois retomar os pagamentos sem código.

 

Digital Wallets

 

As digital wallets, carteiras digitais, são dispositivos eletrónicos ou serviços em que as informações do consumidor bem como os seus métodos de pagamento estão gravados e encriptados, e são usadas para pagamentos online.

 

Pense nas wallets como uma carteira verdadeira: com a sua identificação, cartões bancários, e outros documentos que costuma levar consigo. O utilizador não precisa de inserir os dados manualmente, já que tudo está dentro da wallet, mas com a segurança de que os dados são encriptados e controlados por ele. As wallets mais populares são a Apple Pay, a Google Pay e a wallet da Amazon.

 

Cartões de Crédito Virtuais

 

Os cartões de crédito virtuais, popularizados em Portugal pelo MBNet, ganham visibilidade entre os métodos de pagamento digitais devido à sua segurança. Porquê inserir os dados do seu cartão de crédito verdadeiro quando pode criar um cartão virtual, geralmente a partir do smartphone, com um valor e validade definido pelo utilizador? Estes cartões de crédito virtuais atuam simultaneamente como cartões pré-pagos, ao terem um valor máximo estipulado.

 

Bitcoin e outras criptomoedas

 

O uso de criptomoeda pode ainda ser novidade, ou até um mistério, para alguns mas para outros já é um dos métodos de pagamento preferidos. No caso da Bitcoin, a criptomoeda mais popular, quem beneficia maioritariamente são os comerciantes, já que as taxas das transações são muito baixas e o depósito é rápido.

 

No entanto, por não terem um status oficial na maioria de países e dado o caráter volátil das taxas de câmbio, o seu uso não é generalizado. Mas, aconselhamos a que fique atento!

 

Jasmin, cresce com o seu negócio

 

O Jasmin, software expert em gestão, ajuda-o a gerir o seu negócio e e-commerce de forma intuitiva e otimizada. Permite-lhe ainda faturar em várias moedas, abrindo as portas à internacionalização e globalização do seu negócio.

 

Mas, por trás da evolução e acompanhamento das tendências, existe uma base que é sempre respeitada: a resposta à fiscalidade é assegurada, sendo o Jasmin certificado pela Autoridade Tributária. As tarefas básicas e repetitivas de faturação são agilizadas e facilitadas, poupando tempo e recursos com emissão e consulta de faturas, guias de remessa ou outros documentos legais e fiscais.

 

E mais: dotado de inteligência e poder preditivo, o Jasmin permite-lhe ter informações vitais sobre o seu negócio em tempo real, fazer orçamentação e demonstração de resultados, e ajudá-lo a elaborar estratégias para que a sua empresa possa crescer.

 

Mas, veja por si: Experimente já o Jasmin Express! 100% cloud, certificado e gratuito, é o parceiro que o seu negócio precisa.

Tags:
PME

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais artigos

Ver mais