O franchising soma e segue. Será para si?

por Isabel Dias | 8 Janeiro, 2019 em
Negócios

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal.

Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre o franchising, e se esta é a solução que procura.

 

Franchising: o que tem de saber antes de avançar

O franchising é a exploração de um produto, marca comercial ou serviço através de um contrato de franquia entre quem detém os direitos comerciais ou industriais e quem irá tratar da exploração. O franchising implica geralmente o pagamento de direitos ou royalties.

Estes são os termos a memorizar:

Franchisador: também chamado franchiser ou franqueador, é o detentor dos direitos comerciais.

Franchisado: também chamado de franqueado, é quem irá tratar da exploração, sem obter os direitos.

Master Franchisado: é o detentor de uma marca ou negócio num país ou região, e que substitui o franchisador nesse espaço geográfico.

Direito de Entrada: valor pago pelo franchisado ao franchisador, que cobrirá os custos deste último com a preparação do franchising e outros até à abertura da loja. Os direitos de entrada justificam o direito de uso da marca, por parte do franchisado.

Investimento inicial: este valor é o que o franchisado precisa de cobrir para arrancar com o negócio, excluindo equipamentos, obras, mobiliário, entre outros. Os direitos de entrada e o fundo de maneio não estão incluídos no investimento inicial.

Royalties: os franchisados ficam sujeitos ao pagamento de um montante para cobrir o o uso da marca e do modelo de negócio.

Taxa de publicidade: Todos os franchisados devem contribuir para um fundo comum a ser aplicado na promoção da marca, pelo franchisador.

Diretos de entrada, royalties, investimento inicial e taxa de publicidade serão definidos no contrato que assinar com o franchisador. Os royalties e a taxa de publicidade, normalmente de carácter mensal, podem ser fixos ou variáveis – por exemplo, consoante a faturação.

Devo abrir um franchising?

Se quer arrancar com um negócio, mas não quer começar sozinho por falta de experiência ou incerteza sobre o mercado, o franchising pode ser uma solução para si. No entanto, este modelo de negócio também apresenta algumas limitações. Estes são os pros e contas do franchising.

Pros:

  • Marca, produto ou serviço reconhecido no mercado: o risco ao começar um negócio prende-se em parte com o reconhecimento no mercado. No franchising, este risco é mínimo, uma vez que a marca em questão já está consolidada.

  • Apoio da marca e/ou franchisador: o franchisado será sempre acompanhado e apoiado pelo franchisador que tem, obviamente, interesse no sucesso do franchising. Mas este apoio não se limita à gestão, tendo também a ver com publicidade, marketing, ou formação contínua.

  • Plano e modelo de negócios já existentes: ao comprar um franchising, existem já planos e modelos de negócios impostos pela casa-mãe. O que pode ser uma grande ajuda no caso de não ter experiência ou conhecimentos suficientes para o fazer de forma independente.

  • Facilidade de conseguir financiamento: é mais provável conseguir financiamento junto de uma instituição financeira tendo uma marca sólida por trás, e onde o plano de negócios e o modelo já estão elaborados e, mais importante, testados.

Conheça formas alternativas de financiamento empresarial!

Contras:

  • Pouca autonomia: praticamente tudo num franchising está pré-definido e formatado no instante em que se assina o contrato. Assim, o franchisado tem um poder de decisão menor que um empreendedor normal, no que respeita a, por exemplo, variedade de produtos, preços, e por vezes até no funcionamento do atendimento.

  • Custos: ter um franchising implica sempre ter de pagar royalties ao franchisador original, ou ao master franchisador. Além destes royalties, há as taxas de publicidade e os direitos de entrada.

  • Reputação dependente de vários fatores: o mau desempenho de outros franchises pode afetar a marca, e o seu negócio, uma vez que pertencem à mesma rede.

Vai começar um franchising? Jasmin!

O Jasmin, software de faturação expert em gestão, é o seu aliado na gestão do negócio, seja ele qual for. O Jasmin foi desenvolvido a pensar em pequenas e médias empresas de qualquer área de negócio e no empreendedor moderno que precisa de trabalhar em qualquer sítio e a qualquer hora.

Com recurso a ferramentas de automação, o Jasmin liberta-lhe tempo para se dedicar à tomada de decisão e planeamento estratégico, ao eliminar tarefas morosas e repetitivas. Mas também o pode ajudar com a tomada de decisão: o Jasmin está equipado de inteligência e poder preditivo, analisando o seu negócio e oferecendo-lhe os melhores conselhos com base nos seus objetivos.

Ajude-se e ajude o seu negócio com os Jasmin Insights! É a inteligência artificial ao serviço das PME.

Não espere mais, experimente já o Jasmin Express! 100% cloud, certificado pela AT e gratuito, é o parceiro que o seu negócio precisa.

Tags
PMEs
Fiscalidade e Contabilidade

10 Dicas financeiras para quem vai abrir um negócio

por Isabel Dias - há 2 anos

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Negócios

5 métodos de pagamento do futuro: quando mais é mesmo mais

por Isabel Dias - há 12 meses

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Negócios

À procura de um melhor software de gestão para a sua empresa?

por Isabel Dias - há 2 anos

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Negócios

Ainda precisa de incentivos para se candidatar ao Portugal2020?

por Isabel Dias - há 1 ano

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Negócios

Como preparar a internacionalização do seu negócio

por Isabel Dias - há 1 ano

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Negócios

Como saber se uma ideia de negócio é suficientemente boa?

por Isabel Dias - há 11 meses

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Negócios

Como superar o abandono do carrinho de compras online

por Isabel Dias - há 1 ano

Os números do franchising, em 2017, eram aliciantes. Segundo o Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE, este modelo de negócio representou 2,84% do PIB, empregando 129.280 pessoas e gerou receitas de 5,5 mil milhões de euros, em Portugal. Será que esta atividade é uma oportunidade de negócio para si? Saiba tudo sobre […]

Ver mais

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *