Negócios

Capacitação digital das empresas: um pilar da transição digital do PRR

por Helena Sousa | 10 Maio, 2022

Um dos principais desafios enfrentados pelo tecido empresarial português na atualidade é a questão da digitalização. É aí que entra o conceito de capacitação digital, que pretende dar resposta a esse desafio através da qualificação e formação profissional dos trabalhadores, tanto funcionários como empresários.

 

O que é a capacitação digital

 

A capacitação digital é o desenvolvimento de competências e aptidões nas ferramentas digitais por parte dos recursos humanos, isto é, dos trabalhadores. Como tal, é uma vertente da transição digital paralela às restantes facetas da transformação digital, nomeadamente, na reformulação dos modelos de negócio e implementação de novos meios tecnológicos nas empresas (a chamada digitalização).

 

 Com a pandemia da COVID-19, tornou-se impossível negar o atraso no processo de transição digital de Portugal. Como tal, a Transição Digital, da qual faz parte a capacitação digital, é um dos três pilares do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) português, o instrumento de recuperação dos efeitos da pandemia e preparação face aos desafios futuros.

 

Empresas 4.0: a resposta do PRR ao desafio da capacitação digital nas empresas

 

Uma das componentes da dimensão Transição Digital do PRR é a Empresas 4.0, cujo foco, tal como o nome indica, é 100% dirigido à digitalização de processos das empresas, procurando aproximar Portugal do objetivo de transição digital até ao final da década, prevendo, para tal, a modernização dos processos produtivos, a desmaterialização dos fluxos de trabalho, a diminuição da disparidade digital de género, a criação de novos canais digitais de comércio, o reforço do ecossistema de empreendedorismo e o aumento das competências com as tecnologias digitais.

 

Este último ponto, referente à capacitação digital, é refletido num dos três grandes investimentos da componente Empresas 4.0, o investimento i01: Capacitação Digital das Empresas.

 

i01: Capacitação Digital das Empresas

 

Coordenado pelo IAPMEI em colaboração com as entidades públicas encarregues do domínio do emprego, formação profissional e qualificações, o investimento Capacitação Digital das Empresas conta com 100 milhões de euros de fundos europeus para a capacitação digital dos trabalhadores e empresas.

 

Planeando atingir 800 mil formandos com uma série de ferramentas de formação e qualificação, entre as quais planos de formação individual, acessos a formação online, diagnósticos de competências digitais e formação online, presencial e em regime misto, o investimento da Capacitação Digital das Empresas é traduzido em dois programas interligados de formação.

 

O primeiro, a Academia Portugal Digital, está integrado na Estrutura de Missão Portugal Digital e trata-se de uma plataforma de desenvolvimento de competências digitais em larga escala dirigida especificamente ao setor empresarial, procurando:

 

  1. permitir a autoavaliação do nível atual de competências digitais segundo o quadro português de competências digitais (QDRCP);
  2. receber um plano personalizado de capacitação digital que apresenta metas concretas conforme os níveis individuais em cada domínio, os objetivos pessoais do formando e as exigências atuais e futuras do mercado de trabalho;
  3. aceder a formação online para aquisição de novas competências e atingir os objetivos do plano personalizado supracitado;
  4. construir um passaporte pessoal das competências digitais do trabalhador para discriminar, centralizar e certificar as respetivas competências adquiridas.

 

O outro programa, o Emprego + Digital 2025, vem no seguimento do Emprego + Digital lançado em 2020 e trata-se de uma vertente de especialização da já referida Academia Portugal Digital, dirigida para diversos setores empresariais – indústria, comércio, serviços, turismo, agricultura, economia do mar e construção – que foram mais afetados pela pandemia e subsequente necessidade de transformação digital acelerada.

 

Para tal, o Emprego + Digital 2025 é dirigido a trabalhadores destes setores, independentemente do seu nível atual de competências digitais, para melhorar as mesmas conforme as necessidades específicas da sua área de negócio.

 

Academia Portugal Digital: oferta de formação em competências digitais

 

Como referido, no âmbito da Estrutura de Missão Portugal Digital, está disponível uma plataforma inaugurada em março de 2022 para testar e melhorar as competências digitais dos trabalhadores, a Academia Portugal Digital.

 

Com a missão de “capacitar os portugueses rumo a uma nação + digital”, a plataforma está disponível no próprio website do Portugal Digital, sendo necessário o registo na mesma para acompanhar as últimas novidades de formação do mesmo.

 

Paralelamente à oferta Academia Portugal Digital, existem ainda planos mais específicos na mesma plataforma, nomeadamente:

 

  • Jovem Mais Digital, dirigida concretamente para jovens entre os 18 e os 35 anos em situação de desemprego e inscritos no IEFP, com oportunidades de formação até 350 horas em áreas como linguagem de programação, cibersegurança, gestão de redes sociais, análise de dados e afins;
  • Emprego Mais Digital, formação digital gratuita para as empresas de forma a serem mais produtivas, eficientes e competitivas;
  • UpSkill, um programa de requalificação profissional para a área das tecnologias digitais, contando tanto com formação intensiva como subsequente integração no mercado de trabalho;
  • Eu Sou Digital, uma formação introdutória para capacitação digital de adultos que querem começar a utilizar a internet;
  • Cursos gratuitos de formação digital de entidades parceiras da Portugal Digital, entre os quais a Accenture, a Google, a Amazon e a Cisco, sobre diversos temas, do introdutório ao avançado, da transformação digital.

 

Jasmin Software, uma ferramenta de transição digital inteligente para as empresas

 

A capacitação digital das empresas é apenas um dos passos essenciais para a digitalização, sendo necessário também introduzir processos inovadores e disruptivos de forma a dar o salto para o futuro.

 

Para tal surge o Jasmin Software, um software de gestão baseado em Inteligência Artificial e Machine Learning que promete transformar a gestão diária da sua empresa, integrando numa só plataforma a faturação, a gestão das despesas, a gestão do inventário, a tesouraria, um sistema de pontos de venda (POS) e a gestão multi-canal de E-commerce. Melhor ainda, sendo construído e hospedado na cloud, pode aceder a esta plataforma a qualquer hora e em qualquer lugar.

 

Comece a usar o Jasmin Software gratuitamente e dê um salto na transformação digital da sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Mais artigos