Fiscalidade e Contabilidade

Sabe o que são perdas por imparidade e o que as causa?

por Mariana Pimentel Gomes | 19 Maio, 2021

Podem não significar muito por si só, mas as perdas por imparidade são um conceito contabilístico que representam um verdadeiro impacto nas empresas, na medida em que refletem o estado real do negócio.

 

Por esta razão é realmente importante perceber não só que são as perdas por imparidade, mas a sua verdadeira importância no estado da empresa – e as consequências.

 

O que são perdas por imparidade?

 

É a desvalorização total ou parcial de um determinado ativo, relativamente ao seu valor real em termos contabilísticos. Imagine que existe uma dívida antiga a receber por parte de um cliente que deixa de comprar. Sendo expectável o incumprimento pela quebra da relação comercial, considera-se esta uma perda por imparidade.

 

Esta redução do valor contabilístico de um certo ativo – de forma a demonstrar uma perda potencial ou efetiva do seu valor – poderá reduzir o valor do ativo a zero. As perdas por imparidade podem incidir sobre todo o tipo de ativos: não só ativos fixos tangíveis e intangíveis, como também ativos não correntes, detidos para venda, investimentos financeiros, propriedades de investimento, inventários e até mesmo dívidas a receber.

 

O que causa perdas por imparidade?

 

Quem gere uma empresa espera que todos os ativos representem vantagens económicas. Mas isso nem sempre se verifica. Em determinadas circunstâncias são os próprios ativos a causa de perdas económicas para os negócios.

 

As imparidades e, consequentemente, as perdas por imparidade, são provocadas por eventos internos ou externos à empresa, que implicam que determinado ativo já perdeu ou irá perder o seu valor.

 

Exemplos de perdas por imparidade

 

Perdas por imparidade sobre dívidas a receber

 

  • Clientes que deixam de adquirir produtos, mas ainda têm faturas pendentes;
  • Clientes que continuam a fazer compras e a pagá-las, mas deixam uma fatura mais antiga sem pagamento;
  • Insolvência de um cliente.

Perdas por imparidade sobre inventários

 

  • Perda de validade do inventário ou artigos sazonais que não são vendidos em tempo útil;
  • Vendas com preços abaixo do preço de custo, ou seja, os conhecidos saldos;
  • Equipamentos obsoletos.

Perdas por imparidade sobre imobilizado

 

  • Máquinas que se tornam obsoletas e deixam de produzir as unidades estimadas;
  • Software de faturação não certificado e que não pode ser utilizado devido a obrigações legais.

Porque são tão importantes para a empresa?

 

Por um lado, a contabilidade reflete sempre o estado real de uma empresa. Por essa razão, é importante fazer um ajustamento periódico para a informação contabilística ser fiável. Por outro lado, existe também o fator das perdas por imparidade derivadas de clientes em mora nos pagamentos ou em risco de insolvência.

 

Estas situações podem ter um grave impacto na tesouraria e até colocar em risco a sobrevivência da empresa. Por uma questão de saúde financeira, é importante estar atento a estar perdas por imparidade. Assim, como a contabilidade reflete realmente o real valor da empresa, os diversos agentes económicos, como fornecedores, clientes e investidores, têm acesso a informação fidedigna e rigorosa.

 

As perdas por imparidade são dedutíveis?

 

De acordo com o artigo 28.º-A do Código do IRC, são dedutíveis para efeitos fiscais as perdas por imparidade relacionadas com créditos resultantes da atividade normal que, no fim do período de tributação, possam ser considerados de cobrança duvidosa e sejam evidenciados como tal na contabilidade, quando contabilizadas no mesmo período de tributação ou em períodos de tributação anteriores.

 

Contudo, nem todas as perdas por imparidade são dedutíveis em sede de IRC, mesmo que tenham sido contempladas na contabilidade da empresa.

 

Evitar as perdas por imparidade derivadas de cobranças duvidosas

 

Os desafios de tesouraria afetam todo o tipo de empresas. Mas a verdade é que as pequenas empresas e start-ups, cuja sobrevivência depende, muitas vezes, de recebimentos a tempo e horas, têm de ter uma atenção redobrada à saúde financeira.

 

Nada melhor o que gerir o negócio com o melhor aliado sempre ao seu lado. O Jasmin é um software de gestão na cloud, que oferece informação sempre atualizada sobre o estado atual do negócio e previsões futuras sobre os principais indicadores financeiros da sua empresa.

 

Em particular, a forte vertente de tesouraria do Jasmin permite-lhe acompanhar e controlar as suas contas correntes para nunca falhar qualquer prazo, tanto dos seus pagamentos como das suas cobranças.

 

Além disso, ao facilitar os pagamentos dos seus clientes está a eliminar mais um motivo para que não lhe paguem a tempo. Com esta ajuda, as suas cobranças serão mais eficazes, a sua tesouraria mais forte e a saúde financeira da sua empresa será mais estável.  

 

Experimente já a versão gratuita e renda-se ao poder da tecnologia no apoio ao seu negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais artigos